Sabor a vinaGretchen

Não sei se vocês estão acompanhando o reality show da Record, A Fazenda. Pois bem, a rainha do rebolado, Gretchen, bateu o sino, ou seja, pediu para sair. Ela abriu mão de disputar o prêmio de 2 milhões de reais. O que será que aconteceu? ‘Tava’ estampado na cara dela o quanto precisava dessa ‘graninha’ preta! Né?!

 

 

Antes do confinamento, a “disco diva” lançou o seu hit I’m Cool. No clipe a ‘gatosa’ (gata idosa) dá show, de horrores com uma produção de fundo de garagem. Ela tenta suprir o inglês amador com muitos gemidos, grunidos e miados, seguidos de caretas, das tentativas frustradas de olhares  sensuais. Que medo, mãe!

 

 

Depois de tocar o sino, a irmã da Sula Miranda, toca o terror com a música Plastic Lover. A melhor parte do clip são os multiplos closes nos grandes lábios , trabalhados no botox. Chame alguém para te fazer companhia na hora de ver o clipe, porque dá medo de assistir sozinho.

 

 

Agora meu amor, é torcer para isso não tocar na balada que você frequenta, nem mesmo para tirar sarro. Imagina as ‘bibas’ batendo cabelo e cantando em unisono coro “Hey, hey, Dr. Ray”. Seria de chorar num canto degustar este sabor a vinaGretchen. Misericórdia!

 

Cheia de Sex Appel

 

Smack

Anúncios

Ele não se assumiu.. E agora??

Olá queridas amixas..

Como sempre a gente aqui do DPDL tenta trazer a tona questões comportamentais do mundo GLS para vocês.

O caso é que essa semana que passou, um leitor entrou em contato por e-mail e disse que estava apaixonadééézimo por um carinha que havia conhecido, e que as coisas estavam fluindo legais entre os dois.. But.. Sempre tem o “mas”.. O cara não era assumido e eles vivam uma relação as escondidas.

 

 

 

Primeira questão: Você que já se assumiu, está preparado para viver uma vida clandestina ao lado dele?

Se a resposta for sim, isso vai abrir um leque de possibilidades dentro desse relacionamento. Afinal você estará em um campo minado.

Por um lado, eu acredito que cada um tem o seu tempo para se assumir homossexual(até porque você já passou por este processo, né amixa e sabe bem o que a gente sente nessas horas) e  o bom disso tudo, é que atualmente está acontecendo tantos movimentos a favor dos gays, que em breve será algo comum aos olhos e na vida de todo mundo, inclusive desse seu namorado em potencial, que tenderá a se sentir cada vez mais confortável “em sair do armário” percebendo tamanha aceitação. Ok? Hummm.. Talvez.

O problema é que não sabemos o que se passa na cabecinha dele!

Mas isso implica em uma série de coisas que vão fugir da sua alçada querido.. Implica muitas vezes em estrutura familiar dele, aceitação própria, aceitação de amigos, etc..

E aí que está o outro lado da coisa..

 

Talvez esse cara não tenha toda essa estrutura, tanto familiar quanto emocional que você tem, e aí as coisas podem ir por água abaixo e o seu coraçãozinho com certeza vai se dilacerar se isso acontecer.

Minha dica: Converse com o seu aspirante a namorado. Fale manso e de forma clara, em um papo informal(até porque mexer com os sentimentos obscuros pode ser algo incômodo para ele) e pergunte quais são as pretensões dele dentro dessa relação, o que ele pensa para o futuro, se ele está feliz com as condições de vocês, etc.. Mas não aperte o cara, senão ele vai virar um sabonete molhado nas suas mãos e pode escorregar pra fora de sua vida.

Posso dizer isso, pois em meu primeiro relacionamento, namorei um carinha por quase 5 anos e ambos não eramos assumidos para a família. Mas com o passar do tempo sentimos a necessidade de intensificar essas relações, o que pode de certa forma contribuir, e muito para que nós fizéssemos o outting.. Mas tudo aos poucos, deixando as coisas fluírem naturalmente enquanto vivíamos a nossa história. Comigo funcionou. Mas a diferença é que eu sabia o que eu queria e o que iria me fazer feliz.  O seu boy pode ainda não entender isso e aí será bem mais complicado para você.

 

Agora se o cara não pretende contar a ninguém, não contar a família, ou ainda pior, se ele ainda não aceita a própria condição de gay dele, pule fora disso enquanto há tempo.. Hoje pode parecer que está tudo bem, mas mais cedo ou mais tarde as coisas vão apertar entre vocês e o peso disso vai acabar com a relação em um momento onde você, provavelmente já estará envolvido demais, o que vai lhe implicar em sofrimento.

Resolvam tudo entre vocês da melhor forma e se for o caso, infelizmente, esse é um cara que vai ter que ir para o seu caderninho de Stand By… pelo menos, até ele saber o que realmente quer da vida e se abrir para o mundo!!

Se isso acontecer saia com seus amigos, fique com outras pessoas e não se prive da vida. O foco é você!!! Afinal é a sua felicidade que está em jogo!!

Se for para as coisas acontecerem e se o cara realmente te curte muito, com certeza a hora que ele se sentir pronto é a você que ele vai procurar. E aí sim vocês estarão prontos pra viver uma história.

Espero que tenha te ajudado amixa..

 

Por hoje é isso.. Bye Poodles!

Dublê de JLo, Oh wait!?

Jennifer Lopez está no México em meio as gravações de seu novo single ‘Follow the Leader’. 

Bastidores de 'Follow the Leader'

E essa manhã, durante todo o corre-corre da produção do video, o que chamou a atenção dos tablóides internacionais não foram os ajustes de última hora do figurino ou os carinhos com seu atual boyfriend Casper Smart – e sim a seguinte cena

WTF is this???

Que poha é essa JLo? Pegou uma travestchy pra fazer a dublê? Que raio de Zé Muié é esse que passou na seleção de casting e agora tá aí toda vestida e pentchyada igual à Diva? Por onde anda Deus numa hora dessas que não desceu uma Tsunami de Shuca ardida pra acabar de vez com essa Poker Face metida a Cosplay de Jenny from the Block?

Que delícia de Picú... só que não meishmo

Nós aqui do Brasil estamos A P A V O R A D A feat. I N D I G U I N A D A com essa eshcolha de nossa quiridãn JLo(w), mas uma coisa a gente tem que admitir – a amapô não é sonsa.

Enquanto a Angry Bird Transex Picú Macneil ralava nas gravações olha o que nossa amigue tarra fazendo

JLo e Casper Smart

É isso então Jenny? Enquanto as trava faz o serviço sujo, a senhora deita e rola nos biceps do Boy Magya? É assim é!?

Olha lá hein… tamo tudo de olho.

 

 

Folia de Rei e Queen

O inevitável começo oficial de 2012 é eminente – mas o lado bom disso tudo é que é Carnaval (pra quem goshta – I hate it) meninãns!

Mas vem cá você – que ocupa a cabecinha com tantas coisas irrelevantes e altamente instrutivas, já perdeu um tempinho precioso pra saber de onde vem essa data que a gente cresce amando pela serpentina, mas depois ama por outras coisas?

Um pouquinho de cultura não mata ninguém néan!? Pega no meu reco-reco e vem:

O Carnaval é uma das principais festividades no Brasil.

Desfile do grupo especial no Rio de Janeiro

Oficialmente, o feriado do Carnaval no Brasil  é dia 21 de fevereiro, entretanto, as festividades começam dia 18 e terminam no dia 22 de fevereiro de 2012.

A origem do Carnaval foi na Grécia, em meados dos anos 600 a 520 a.C., no Brasil, as festividades de carnaval se iniciaram em meados do século XVII, influenciadas pelas festas carnavalescas que aconteciam na Europa.

Tá wiwa ainda Zé Muié!? Então agora vamos pro que realmente este postchy está encu(oi?)bido de trazer pra sua vida.

A gente sabe que essa altura do ano o que todo mundo quer é ficar locona, fazer a Heleninha Roitman, cagar tudo e ainda beijar(yeah right) tudo que respira pela frente – tôgata?

Mas assim ó – pega leve no beija – beija pelo seguinte (sim – me dei ao trabalho de pesquisar no goooooooooogle isso pra voceish):

A Mononucleose infecciosa é uma doença que chega de mansinho, depois de um selinho ou amasso daqueles. Como o alvo preferido são aqueles que adoram beijar, beijar, beijar – é num período como esse que temos que levar alguns fatores em consideração:

“Os primeiros sintomas são febre alta e dor de garganta. Três ou quatro dias depois, quando você acha que as coisas vão melhorar, começam os enjôos e as dores no corpo. Ao mesmo tempo, o baço, o fígado e os gânglios ficam inchados, principalmente os localizados na região do pescoço, axilas e virilha. A essa altura já deu para perceber que não se trata de uma simples virose. Ao que tudo indica, você foi pega pelo vírus Epstein barr, da mesma família do herpes comum e causador da mononucleose infecciosa. Se o diagnóstico se confirmar, é sinal de que você anda beijando muuuito.”

E é claro que não poderíamos deixar de falar na temida vilã desse e de muitos carnavais que estarão por vir (se nossa sinhÓra permitir) – a AIDS.

É nessas horas que a gente perde a cabeça e se jóga – esquecendo que a fantasia (ou alegoria) mais importante é a minha, a sua, a noss (opa!)

Queridãns – CAMISINHA – ok?

Toda hora – todo momento – seja onde for e com quem for: um tesão de carnaval não pode valher mais que a sua vida inteira!

Tem coisa melhor de dar aqueles amassos, curtir horrores e depois poder deitar a cabecinha no travesseiro e dormir tranquilo?

Nós aqui do ‘Da Ponta da Lingua‘ sentimos a obrigação de ressaltar a importância do uso do preservativo nas relações sexuais – afinal de contas sexo é ótimo – mas a vida é uma festa que pode durar bem mais que apenas alguns carnavais!

Pronta honey? Agora somente pra aquecer as turbinas dessa folia de reis e rainhas, aqui vai uma adaptação digna e merecida desse ícone do carnaval brasileiro a nós – meninEs desse Brasil:

Deshculpa Valenssa, mas eu não sou obrigada...

Beijo no coração (oi?)!

Né!?