Amados pelo que Somos ou Copos Descartáveis?

Queridas Amixas. Quantas vezes já nos deparamos com tais expressões sendo proferidas pela nossa língua ferina:

“-Olha a Pão Com Ovo!!!  Postando fotinho no facebook com a parede descascada como pano de fundo achando que está numa sessão de fotos da Gucci.”

“-Essa Poc-Poc dá pra todo mundo do chat e depois pede sigilo absoluto! Hahahahaha!”

“- Pooobre Irene! Está sempre em busca de um garotinho novo pra suprir suas necessidades de saber como seria ser jovem gay. Síndrome de Peter Pan! Tsc, Tsc!”

“-Ai meu Santo! Não agüento essa Depressiva não assumida! Tem algumas relações, mas não consegue levá-las adiante, pois prefere morrer dentro do armário e triste porque no fundo não se aceita e tem medo do mundo!”

“-Esse Bombado ai ó, tem o cérebro no bíceps, no tríceps e odeia quem tem panceps.”

“-Aff! Travesti é uÓ! Tudo que quer na vida é ser tratada como mulher, mas não consegue cortar o pinto e virar de vez.”

“-Coitaaaada dessa Afeminada! Só dá vexame na balada, é motivo de deboche pelas costas, mas todas dizem na frente que ela é “a bonita”. Hahahahaha!”.

“-Olha esse Alternativo! Vem pra buatchy de calça de saco ensebada e cabelo graxento e ainda acha que alguém tem a obrigação de se sentir atraído por ele. Por favor!”

“- Ihh problema… Chegou o Boy magia! Lindo, deus Grego, pega geral, mas se discredibiliza por ser tão auto-suficiente que não consegue se relacionar com ninguém…”

Enfim, poderia ficar aqui durante horas transcrevendo todos os tipos de gays que classificamos e estereotipamos preconceituosamente e erroneamente. No fim não se entende nada mesmo.

Parem pra pensar o quanto a gente rechaça e estigmatiza a nossa própria espécie.

No fundo não somos todos Gays?  Todas do mesmo gênero?

Sabe o que é o pior de tudo? Todas as gays que vão ler esse post irão achar que não se enquadram em nenhum tipo desses. Mas com certeza já abriram a boca pra falar da outra. Aí é que tá! É mais fácil rir do traseiro do vizinho que enxergar nossa própria bunda que está atrás. Por que será?

E começa o chororô: Ai eu quero amar, encontrar um cara legal pra me relacionar, ser amado, ter um namorado legal, etc..  Mas fica difícil desse jeito não concordam? Penando dessa forma nunca vai se achar.

Essa semana recebi um relato de um leitor que dizia o seguinte:

“Cara, tenho 29 anos em breve faço 30. Já sou formado, tenho uma vida mais ou menos estável (ainda lutando é claro), bom caráter, nível superior. Me cuido, to com o corpo legal, não sou bonito, mas longe de ser feio.. O caso é que não consigo achar ninguém pra namorar.. São todos super lindos, super sarados, super tudo e se acham demais, como se não existisse ninguém ‘normal’ querendo coisa séria! Você tem que ser sarado, lindo de rosto e jovem. Então quer dizer que ninguém envelhece e morre? Não se pode ter  1 cm de barriga que você logo é descartado como um copo de plástico?(e eu estou em ótima forma) até onde vai isso? O intelecto e o caráter não valem nada no mundo gay? Somos apenas corpos prontos para serem usados ?? A futilidade de certos gays me cansa . Não só a futilidade como o vazio interior, e a promiscuidade. Entre sair com gente assim e ficar sozinho, prefiro ficar só.”

Pois é amigue o que posso dizer a respeito do nosso amigo acima é que ele está enquadrado em mais um dos estereótipos preconceituosos que criamos em nossas mentes. O que ele escreveu aí acima está certíssimo. É bem assim que somos e não somos (Até porque acredito [e Deus não me tire essa crença!!!] de que não são todos assim) .E ainda queremos o melhor pra nós. Mas Como??

Será que é passando horas exaustivas na academia, no esteticista fazendo massoterapia e muitas vezes no cirurgião plástico arrumando nariz e lipando o abdome, tendo apenas isso como foco que eu vou arrumar um namorado legal?

E como ficam os barrigudinhos, os carecas, os gordinhos, os feinhos?

Às vezes chego à conclusão de que os gays são tão pressionados e rejeitados no mundo exterior, que nesse planeta fechado da homossexualidade eles passam a jogar as suas frustrações em cima dos outros.  Realmente muitos gays são assim, mas não podemos esquecer que os héteros também são.  Isso se chama impureza de caráter. As pessoas hoje em dia estão se tornando descartáveis, ninguém mais quer lutar pelo amor. Relacionam-se, absorvem o que podem e no final, por uma besteira qualquer ou um conflito ridículo, se separam sem ao menos dar a chance de superar uma primeira crise. Claaaaro! Hoje em dia tá fácil. A lei da oferta e da procura é grande, não é mesmo. Mas sinceramente responda: É isso o que você quer pra você, pra sua vida?

Amigas queridas o que quero dizer com tudo isso é que somos corpos perecíveis ao tempo.  A bunda vai ficar flácida, a barriga vai crescer, a pele vai enrugar, o cabelo vai cair ou branquear e todas nós vamos pra mesma sepultura. Beleza não é eterna. E a vida está passando agora!!! Parem de se achar a Betty- A Feia que é inteligente e bem sucedida, mas teve de se encaixar no padrão de beleza pra arrumar namorado. Não é assim que as coisas vão funcionar.

Agora se você acha que se marombar pro cara te curtir vai resolver todos os seus problemas, e que o cara vai se apaixonar por você, esteja livre. Se é dos medíocres que vocês gostam, se divirtam!  Depois não venha se queixar pra mim que seu namorado gato e sarado, não sabe escrever uma oração de período composto.

Anúncios
Post anterior
Post seguinte
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s